VISITA TÉCNICA

CPI irá vistoriar condições de segurança da barragem da Mina do Engenho, em Rio Acima

Parlamentares querem esclarecimentos sobre Termo de Convênio de Cooperação Técnica que prevê obras de recuperação para a área

sexta-feira, 10 Maio, 2019 - 22:00
CPI durante visita técnica ao Sistema Rio das Velhas. Foto: Flávia Carvalho / CMBH

As condições de segurança da barragem da Mina do Engenho, em Rio Acima, e o andamento das obras de recuperação previstas para a área serão vistoriados pela Comissão Parlamentar de Inquérito das Barragens, no dia 14 de maio, a partir das 9h. O requerimento para realização desta visita técnica é assinado pela vereadora Bella Gonçalves (Psol) e pelos vereadores Edmar Branco (Avante), Irlan Melo (PR), Pedrão do Depósito (PPS) e Wesley Autoescola (PRP).

Durante a visita técnica, os parlamentares irão cobrar esclarecimentos sobre o Termo de Convênio de Cooperação Técnica, firmado em novembro de 2017, que determina a elaboração de estudos, projetos e a execução de ações para a adequação das barragens de rejeitos do empreendimento minerário. Os vereadores também argumentam que a visita técnica se faz necessária tendo em vista os riscos associados ao possível rompimento de barragens no local e à possibilidade de comprometimento do abastecimento público de Belo Horizonte.

Estão convidados pela CPI para comparecer à visita técnica representantes da secretaria de estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento; da secretaria de estado de Obras e Transportes Públicos; do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais; Polícia Militar de Minas Gerais; da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil; da Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM); da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa); da Gerência Regional de Minas Gerais da Agência Nacional de Mineração; da Prefeitura Municipal de Rio Acima; do Gabinete de Crise da Sociedade Civil; do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas. Os convidados são partícipes do Termo de Convênio de Cooperação Técnica e deverão estar prontos a responder aos questionamentos dos parlamentares sobre o mesmo.

Superintendência de Comunicação Institucional