COMISSÃO ESPECIAL

Implantação de áreas de escape no Anel será avaliada em reunião com concessionária

Recurso cria rota de fuga para caminhões com problema de frenagem; estratégia diminuiu acidentes em várias rodovias 

terça-feira, 12 Junho, 2018 - 17:00
Foto: Abraão Bruck/CMBH

Instalada em abril de 2017, a Comissão Especial de Estudo sobre o Anel Rodoviário tem se dedicado a avaliar e propor soluções contra o alto índice de acidentes registrados na via, uma das mais violentas da Capital. Depois de entregar ao Ministério Público, na última semana, relatório contendo sugestões para o enfrentamento do problema, o colegiado aprovou nesta terça-feira (12/6), a realização de visita técnica à Via 040, concessionária responsável pela administração do Anel. O objetivo do encontro, marcado para o dia 13 de julho, às 10h, é avaliar a possibilidade implantação de áreas de escape, desvios que podem ser usados como refúgio para caminhões quando o sistema de frenagem deixa de funcionar, minimizando o risco de desastres. Ainda nesta terça-feira, a comissão aprovou também a solicitação de cópia de processos do Ministério Público Federal relativos ao Anel. 

Segundo o vereador Irlan Melo (PR), que requereu a visita técnica à Via 040, a construção de áreas de escape (foto abaixo) deu excelentes resultados no sul do país, onde a empresa que administra o Anel de Integração do Paraná (trecho que liga Curitiba ao litoral) adotou a estratégia. Segundo o parlamentar, desde sua instalação, o recurso de segurança foi utilizado quase 700 vezes, o que evitou prejuízos materiais e contribuiu para preservar centenas de vidas. A proposta é que a visita permita aos parlamentares avaliar com a concessionária a possibilidade de construção de áreas de escape, bem como compreender os aspectos técnicos implicados nas obras.

Grupo de trabalho

Ainda na reunião desta terça-feira, a comissão aprovou o envio de ofício à Prefeitura solicitando a inclusão de um membro do colegiado no grupo de trabalho constituído pelo Executivo para propor medidas voltadas ao aumento da segurança no Anel Rodoviário. Autor do requerimento, o vereador Wesley Autoescola (PRP), que preside o colegiado, explicou que a participação é importante para ampliar a rede de esforços envolvidos na superação da violência na via.

Na mesma data, o colegiado aprovou ainda o envio de pedido de informação à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no intuito de obter cópia da ação civil pública a respeito do reassentamento de famílias da Vila da Paz e de outras comunidades situadas em área de risco, às margens do Anel Rodoviário, bem como informações a respeito dos demais processos conduzidos pelo Ministério Público Federal no tocante à via. A expectativa é que os dados contribuam para o desenvolvimento das ações de fiscalização desempenhadas pela Comissão Especial.

Estiveram presentes na reunião os vereadores Cláudio Duarte (PSL), Irlan Melo e Wesley Autoescola.

Superintendência de Comunicação Institucional   

 

10ª Reunião - Comissão Especial de Estudo: Anel Rodoviário