VISITA TÉCNICA

CPI das Barragens verificará estabilidade de Forquilha I, II e III, em Ouro Preto

Parlamentares devem questionar a mineradora Vale sobre as ações realizadas para a segurança da Mina Fábrica

segunda-feira, 27 Maio, 2019 - 15:45
Comissão parlamentar em visita a barragem de rejeitos
Foto: Divulgação/ CMBH

Nesta terça-feira (28/5), às 9h, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Barragens realizará visita técnica à Mina Fábrica, onde estão localizadas as barragens Forquilha I, II e III, no município de Ouro Preto (MG). O objetivo da atividade é verificar as condições de segurança e estabilidade destas barragens, consideradas de alto risco (nível de alerta 3) pela mineradora Vale S/A, e que em caso de rompimento poderão comprometer o abastecimento público de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

A vistoria foi requerida pela vereadora Bella Gonçalves (Psol) e pelos vereadores Edmar Branco (Avante), Gabriel (PHS), Irlan Melo (PR) e Pedrão do Depósito (PPS), e faz parte dos trabalhos programados pela CPI, criada em 20 de fevereiro após o rompimento da Barragem do Córrego do Feijão (Brumadinho-MG), para apurar os riscos e os impactos do despejo de rejeitos de mineração nos rios responsáveis pelo fornecimento de água para a capital: Rio Paraopeba e Rio das Velhas.

Foram convidados para participar da visita representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Velhas), da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), da Agência Nacional de Mineração (ANM), da Secretaria de Estado de Obras e Transportes Públicos, da Prefeitura Municipal de Ouro Preto, do Gabinete de Crise da Sociedade Civil, da Polícia Militar de Minas Gerais e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

Nos três últimos meses, o colegiado já realizou visitas técnicas nos Sistemas de Produção de Água da Copasa do Rio Paraopeba, em Brumadinho, e do Rio das Velhas, em Nova Lima, e na Mina do Engenho, em Rio Acima. No dia 18 de junho, a CPI irá à Mina do Pico, Barragem Maravilha II, em Itabirito, e na sequência serão agendadas oitivas para apuração de outras informações.

Superintendência de Comunicação Institucional