VISITA TÉCNICA

Vereadores vão verificar abandono de parque municipal em Venda Nova

Objetivo é fundamentar projeto de revitalização da área, relevante para o lazer e a preservação ambiental

segunda-feira, 18 Setembro, 2017 - 15:00
Portaria do Parque Alexander Brandt, em Venda Nova, apresenta sinais de deterioração do espaço
Foto: Google Street View

Motivada por reclamações da população, especialmente de moradores de Venda Nova, a Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana realizará visita técnica ao Parque Alexander Brandt, localizado naquela regional. A atividade foi requerida pela vereadora Nely (PMN), que defende a criação de um projeto de requalificação e segurança do espaço, que abriga cobertura vegetal nativa e árvores de grande porte. Com a finalidade de constatar o abandono do equipamento e ouvir lideranças comunitárias e o Município sobre a questão, a visita foi marcada para esta terça (19/9), a partir das 10h, na Rua Joaquim Gonçalves da Silva, s/n, Bairro Candelária.

Ao apresentar o requerimento à comissão, Nely mencionou as denúncias de abandono e falta de manutenção do parque, que ocupa uma área de aproximadamente 12.500 m² entre os Bairros Candelária e Visconde do Rio Branco. A vereadora destacou ainda a importância do equipamento como espaço de lazer e prática de atividades físicas para a comunidade, além de constituir uma importante área de preservação ambiental da cidade. De acordo com representantes da comunidade, atualmente o local encontra-se com aparência de abandono, com partes da cerca destruídas e sem nenhum controle de acesso, gerando danos à fauna e à flora, além de representar perigo para os cidadãos devido à falta de policiamento, constatadas a presença de usuários de drogas e ocorrências de assaltos em seu entorno.

Diante da situação, a população pede a restauração do parque, proporcionando novamente o acesso da comunidade a um espaço de contemplação e lazer. 

Vegetação nativa

Conforme informações constantes no portal da Prefeitura de Belo Horizonte, o Parque Alexander Brandt foi implantado em 1996, no âmbito do Programa Parque Preservado. Localizado na Regional Venda Nova, o parque possui um grande valor ambiental, preservando ainda quase 80% da cobertura vegetal nativa, que inclui árvores de grande porte. Em meio à mata, podem ser observados diversos exemplares de jacarandá-da-bahia, vinhático, pau d’óleo, açoita-cavalo, jacaré, além de cactáceas, bromélias, samambaias e cipós. A fauna é composta por aves como bem-te-vis, sanhaços, almas de gato, sabiás, pica-paus e saíras, e mamíferos, como gambá e mico-estrela.

Para participar da visita, foram convidados os secretários municipais de Obras e Infraestrutura e de Meio Ambiente; Fundação de Parques Municipais e Fundação Municipal de Cultura; e Administração Regional Municipal Venda Nova.

Superintendência de Comunicação Institucional