VISITAS TÉCNICAS

Unidade de saúde aberta em dezembro tem rachaduras e será vistoriada

Moradores questionam segurança do Centro de Saúde São Jorge, no Nova Granada. Vereadores também vão visitar unidade no Paquetá

sexta-feira, 4 Março, 2022 - 12:15
Fachada do Centro de Saúde São Jorge, uma edificação de telhado e paredes claras com duas portas e sete janelas frontais, durante o dia.
Foto Divulgação PBH

Entregue no dia 20 de dezembro do ano passado, o Centro de Saúde São Jorge, localizado no Bairro Nova Granada, já é motivo de preocupação e reclamação por parte de usuários e moradores da Região Oeste de BH. Segundo denúncias apresentadas à imprensa e a vereadores, o muro da unidade está cedendo, causando risco de desabamento. Para conferir as condições estruturais e de atendimento do local, a Comissão de Saúde e Saneamento realiza visita técnica na próxima segunda-feira (7/3), às 9h. A qualidade das instalações e o fluxo de atendimento aos usuários do Centro de Saúde Itamarati, no Bairro Paquetá, Regional Pampulha, também serão verificados pela comissão na quarta-feira (9/3), às 11h.

Solicitada por Wilsinho da Tabu (PP), a visita técnica ao Centro de Saúde São Jorge, que fica na Rua Oscar Trompowsky, 1.698, Bairro Nova Granada, foi motivada por denúncias de moradores. Segundo eles, pelo fato de ser construído em região de aterro, o local sofreu deslocamento de terra devido às chuvas de dezembro e janeiro, causando o aparecimento de trincas e rachaduras. As denúncias também foram divulgadas por veículos de imprensa da capital. 

De acordo com o Portal da PBH, a sede do Centro de Saúde São Jorge foi construída com tecnologias sustentáveis, acessos independentes, integração dos ambientes e revestimentos de fácil higienização. A edificação possui dois pavimentos que abrigam 18 consultórios, dos quais um é odontológico, com estrutura acessível a pessoas com mobilidade reduzida. As instalações atendem cerca de 45 mil usuários dos Bairros Grajaú, Nova Granada, Gutierrez, Prado e Morro das Pedras. 

A unidade possui quatro equipes de Saúde da Família com médico generalista, enfermeiro, técnico e agentes comunitários de saúde; equipe de apoio composta por clínico, ginecologista, pediatra, assistente social, psiquiatra e psicólogos; duas equipes de saúde bucal, equipe multiprofissional do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica com fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e nutricionista. A edificação faz parte do pacote de obras da Prefeitura executadas por meio de parceria público-privada (PPP). 

Wilsinho da Tabu afirma ainda que representantes da comunidade disseram não ter podido acompanhar a construção do centro. “Agora, o talude apresenta falhas, causando dúvidas quanto à segurança da obra. Nossa visita será acompanhada por lideranças para fiscalizar e colher todas as informações sobre os riscos de desabamento desta importante unidade de saúde. Verificaremos também, como é de praxe, também as condições de trabalho dos servidores”, informa Wilsinho. Foram convidados para acompanhar a vistoria o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado; o coordenador de Atendimento Regional Oeste, Sylvio Malta; a diretora Regional de Saúde Oeste, Regina Rocha; e o líder comunitário Carlos Antônio de Jesus. 

Centro de Saúde Itamarati

Na quarta-feira, (dia 9/3), às 11h, a comissão irá visitar o Centro de Saúde Itamarati, localizado na Rua Anita Blumberg, 63, Bairro Paquetá. Solicitada por José Ferreira (PP), a visita tem o objetivo de ouvir os usuários quanto à prestação de serviços e qualidade das instalações. Segundo o parlamentar, a visita técnica será realizada para conhecer o local e observar os procedimentos realizados, avaliando a atuação da enfermagem e de outros profissionais, além da gerência da unidade.O secretário municipal de Saúde também foi chamado para a visita, assim como a gerente do Centro de Saúde Itamarati, Aparecida Campos Vieira. 

Superintendência de Comunicação Institucional