AUDIÊNCIA PÚBLICA

Moradores reivindicam cuidados com manutenção e segurança na Praça do Papa

Problemas com iluminação, consumo de drogas e falta de manutenção incomodam transeuntes e desestimulam turismo

terça-feira, 29 Março, 2022 - 18:30
Foto: Adão de Souza/PBH

A Praça Governador Israel Pinheiro, conhecida como Praça do Papa, no Bairro Mangabeiras, é um conhecido ponto turístico da cidade de Belo Horizonte e também um local de lazer e convívio dos moradores da região. Para debater problemas como conservação da praça e melhorias de segurança e trânsito, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário realiza, na quinta-feira (31/3), às 13h30, no Plenário Camil Caram, audiência pública solicitada por Braulio Lara (Novo). Atividades irregulares no local, com consumo de drogas, e a perturbação do sossego são outros assuntos previstos no encontro. A reunião será transmitida ao vivo pelo Portal CMBH e a população pode participar do debate enviando perguntas, comentários e sugestões por meio de formulário eletrônico.

Braulio Lara disse ter solicitado a audiência a partir de reivindicação de moradores e conversas anteriores com a Associação de Moradores do Bairro Mangabeiras. “A audiência tem o objetivo de fazer um levantamento da situação da Praça do Papa e articular as instâncias convidadas para que o local fique limpo, cuidado e em segurança, com o apoio de entidades como a Guarda Municipal e a Policia Militar para inibir usuários de drogas e garantir bom convívio entre visitantes e moradores”, explicou.

Entre as questões observadas estão a falta de iluminação, conservação e segurança do local, com a presença usuários de drogas à noite e perturbação do sossego, além de problemas de trânsito, com carros transitando em alta velocidade. Os moradores também questionam a falta de organização de vendedores ambulantes e dos food trucks. Eles também pedem limpeza, mais locais de descarte de resíduos e manutenção dos jardins.

O vereador defendeu que a praça, como outros pontos turísticos da cidade, esteja em boas condições para atrair pessoas. “A Praça do Papa precisa de cuidados, pois, além de ser um local em que residem moradores, é um cartão postal de Belo Horizonte”, afirmou. “O local guarda uma das vistas mais bonitas da cidade, que é o paredão da Serra do Curral de um lado, e a Avenida Afonso Pena de outro”, disse. Braulio Lara ponderou que, apesar do atrativo natural, a praça é mal cuidada, tem cerâmica solta, passeio em mal estado, mato alto, lixeiras quebradas e sujeira. “A audiência será uma oportunidade das entidades públicas pensarem numa ação conjunta para resolver estas questões e colocar a praça no nível que ela merece”, concluiu.

Foram convidados para o debate a coordenadora de Atendimento Regional Centro-Sul, Patrícia Furtado Ferreira Lage; o secretário Municipal de Governo, Josué Costa Valadão; os diretores-presidentes da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A (BHTrans), Diogo Oscar Borges Prosdocimi, e da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte  (Belotur), Gilberto César Carvalho de Castro; e o superintendente de Limpeza Urbana (SLU), Genedempsey Bicalho Cruz. Também são esperados os comandantes da Guarda Municipal de Belo Horizonte, Rodrigo Sérgio Prates, e da 1ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) - Comando de Policiamento da Capital (CPC), tenente coronel Webster Wadim Passos F. de Souza; o delegado titular do 1º Departamento de Polícia Civil, Arlen Bahia da Silva; e o presidente da Associação dos Moradores do Bairro Mangabeiras, Rodrigo Marcos Bedran. 

Superintendência de Comunicação Institucional