SAÚDE E SANEAMENTO

Cronograma de visitas às unidades de saúde atenderá Região Nordeste

Parlamentares vão verificar as condições de operação dos Centros de Saúde Maria Goretti, Ribeiro de Abreu e Goiânia

quarta-feira, 14 Junho, 2017 - 19:15
Parlamentares compõem mesa de reunião
Foto: Abraão Bruck/ CMBH

Empenhada em um amplo cronograma de visitas técnicas às unidades de saúde da capital, a Comissão de Saúde e Saneamento se volta agora aos gargalos da Região Nordeste. Até o final de junho e início de julho, o colegiado deve visitar os Centros de Saúde Maria Goretti, Ribeiro de Abreu e Goiânia, buscando verificar as reais condições de operação das unidades. As visitas foram aprovadas em reunião ordinária, na tarde desta quarta-feira (14/6), quando foram apreciados seis requerimentos de audiências e visitas, além de três projetos de lei. Entre os temas, procedência da carne comercializada na cidade e criação do Programa “Pet Stop” em praças públicas. Confira aqui a pauta completa e o resultado da reunião.

Presidente da Comissão de Saúde e Saneamento, o vereador Bim da Ambulância (PSDB) destacou que o colegiado tem visitado os centros de saúde da cidade desde o início do mês de março, a fim de verificar a capacidade das estruturas físicas, a qualidade no atendimento e a quantidade de servidores disponíveis em relação às reais demandas de cada comunidade. Nesse percurso, ainda que identificadas algumas unidades bem estruturadas e organizadas, a falta de medicamentos, a escassez de insumos e a insuficiência de pessoal teriam se reafirmado como problemas estruturais do sistema único de saúde na capital.

Após diversas visitas às Regiões de Venda Nova, Pampulha e Noroeste, o colegiado aprovou nova agenda para as próximas semanas. No dia 27 de junho (terça-feira), os parlamentares visitarão o Centro de Saúde Ribeiro de Abreu; no dia 29 de junho (quinta-feira), o Centro de Saúde Maria Goretti, e, em 4 de julho (terça-feira), o Centro de Saúde Goiânia. As visitas serão realizadas sempre às 9h30, aprovadas a partir de requerimento do vereador Edmar Branco (PTdoB).

Qualidade da carne

Tema já debatido pela comissão nos últimos meses, a qualidade das carnes comercializadas no Brasil tem preocupado os parlamentares. Nessa perspectiva, tramita na Casa o Projeto de Lei 1380/2014, que obriga os açougues e outros estabelecimentos do ramo a afixar cartazes informando os consumidores sobre a procedência da carne comercializada por eles. O texto tramita em 2º turno e recebeu uma proposta de emenda que foi referendada pela Comissão de Saúde e Saneamento na tarde desta quarta-feira.

De autoria do vereador Mateus Simões (Novo), a Emenda nº1 propõe a exigência de maior detalhamento das informações a serem apresentadas pelos estabelecimentos comerciais. Além de dados oficiais sobre o frigorífico de origem, como nome, inscrição estadual, CNPJ, endereço e telefone, a emenda sugere que sejam disponibilizadas ao consumidor as informações sobre a origem das carnes, data de sua aquisição e a comprovação de que o frigorífico é inspecionado por órgão competente, “garantindo a qualidade e certificação do produto a ser adquirido”, explica o autor. Para isso, as informações deixariam de estar descritas em cartaz, passando a ser disponibilizadas ao cliente na forma mais conveniente para o estabelecimento.

Pet stop

Com parecer favorável da comissão, segue tramitando na Casa, ainda em 1º turno, o Projeto de Lei 216/2017, de autoria do vereador Doorgal Andrada (PSD), que propõe a criação do Programa "Pet Stop". A iniciativa prevê um conjunto de ações que promovam a educação ambiental, viabilizando a circulação de animais domésticos nas praças, ruas e vias da cidade de maneira higiênica e sustentável.

Participaram da reunião os vereadores Bim da Ambulância (PSDB), Catatau da Itatiaia (PSDC), Cláudio da Drogaria Duarte (PMN), Flávio dos Santos (PTN) e Hélio da Farmácia (PHS).

Superintendência de Comunicação Institucional