VISITA TÉCNICA

Vereadores vão fiscalizar obras de contenção de córrego no Barreiro

Moradores denunciam riscos trazidos pela paralisação das construções. Segundo PBH, inauguração deveria ser no 1º semestre de 2017.

sexta-feira, 17 Março, 2017 - 19:45
Obras de Contenção de Cheias na Bacia do Córrego Túnel / Camarões
Foto: Portal PBH

As obras de contenção de cheias e regulação de vazão na bacia do Córrego Túnel/Camarões, na Região do Barreiro, estão paradas. Para averiguar a situação e cobrar da prefeitura a retomada dos trabalhos, a Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana, por requerimento do vereador Juliano Lopes (PTC), realizará visitas técnicas aos canteiros de obras. O Bairro Túnel Clube de Ibirité receberá a visita da comissão na próxima terça-feira (21/3), às 15h30. Já no dia 28 de março, no mesmo horário, será visitado o canteiro de obras do Bairro Tirol.

A população denuncia que a paralisação fez com que os canteiros de obras se tornassem terreno fértil para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Além disso, a paralisação das obras trouxe também outros riscos à saúde dos moradores com o aumento da população de baratas, ratos, escorpiões e outros animais nocivos à saúde humana. Moradores das áreas que deveriam ser beneficiadas pelas obras também reclamam que o abandono das atividades construtivas vem possibilitando o refúgio de bandidos nesses locais.

De acordo com o portal da PBH, a obra prevista consta de implantação de barragens e suas áreas de reserva, canalização de parte do Córrego Camarões; implantação de alças de acesso e sistema viário nas Avenidas Nélio Cerqueira e Dr. Antônio Eustáquio Piazza; tratamento de áreas remanescentes; implantação de ciclovia; implantação de paisagismo e parque linear ao longo do Córrego Túnel/Camarões; e remanejamento de interceptores de esgotamento sanitário.O portal da PBH também informa que a obra estaria orçada em R$ 63 milhões e o prazo de conclusão seria o 1º semestre de 2017.

As visitas técnicas da Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana devem contar com a participação de representantes da prefeitura, de associações de moradores e estarão abertas à participação da população em geral.

Superintendência de Comunicação Institucional