AUDIÊNCIA PÚBLICA

Parlamentares e entidades questionam PPP na Copasa

A parceria público-privada (PPP) do Sistema Rio Manso, um dos principais fornecedores de água para a Região Metropolitana de BH, foi questionada por vereadores e membros de entidades ligadas a trabalhadores e defesa do meio ambiente em audiência pública nesta quinta-feira (22/3). O objetivo da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) ao realizar a PPP é ampliar a capacidade de abastecimento de água, mas houve críticas quanto à falta de transparência do processo.

Vereadores e comunidade buscam garantir UPA do Glória

A Comissão de Saúde e Saneamento promoveu audiência pública nesta quarta-feira (21/3) para debater a implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Bairro Glória. Moradores e parlamentares vão buscar alternativas para garantir a construção do espaço que integra a Regional Noroeste. Durante a reunião, membros da Comissão visitaram o centro de saúde do Bairro Sagrada Família e a Maternidade Sophia Feldmam para analisar o atendimento.

Moradores exigem implantação do Parque Lagoa Seca

Audiência debateu a atuação das mineradoras no município

O impasse em torno da obrigatoriedade da implantação do Parque Lagoa Seca como medida compensatória às atividades mineradoras na região dos bairros Belvedere e Sion marcou a audiência pública realizada nesta quinta-feira (16/3) pela Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana da CMBH. Embora a Prefeitura afirme ter rejeitado o pedido das empresas para alterar a medida, moradores temem a possibilidade de que o local venha a abrigar uma condomínio de luxo em lugar da área verde.

Vereadores vão exigir solução para cratera no Gutierrez

Cratera em via no Gutierrez por rompimento de adutora da Copasa

Os transtornos causados por uma cratera aberta na rua Américo Macedo, no bairro Gutierrez, região Oeste da capital, foram debatidos nesta terça-feira (27/12) na Câmara Municipal, em audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário. Vereadores devem aprovar no dia 28 encaminhamento de ofício ao prefeito e ao governador solicitando solução em caráter de urgência para o problema que tem afetado os moradores da região.