VISITA TÉCNICA

Comissão vai averiguar despejo de esgoto no Córrego Ponte Queimada, no Buritis

Gestores municipais vão acompanhar a vistoria e fornecer informações sobre possíveis intervenções a serem feitas no local

segunda-feira, 29 Novembro, 2021 - 15:45
Foto: Google Maps / Street View

A ausência de esgotamento sanitário acarreta despejos irregulares em afluente do córrego da Ponte Queimada, no Bairro Buritis, na Região Oeste da Capital, levando mau cheiro e impactos à saúde dos moradores do entorno. Para averiguar de perto a situação, a Comissão de Saúde e Saneamento irá ao local nesta terça-feira (30/11), às 14h. O objetivo da fiscalização é verificar as condições estruturais do curso dágua, as causas e possíveis soluções. Gestores das áreas de Meio Ambiente, Obras e Infraestrutura, Saneamento e Desenvolvimento da Capital, convidados para acompanhar os vereadores, deverão informar sobre a previsão de estudos técnicos e intervenções para resolver os problemas da região.

De acordo com o requerente da visita técnica, Braulio Lara (Novo), a falta de saneamento básico e o despejo de esgoto in natura no Córrego Ponte Queimada vem causando mau cheiro, proliferação de ratos e insetos e risco de inundações para as famílias que residem às margens do curso d’água, que nasce na Serra do Cachimbo, no Barreiro, atravessa o Parque Aggeo Pio Sobrinho, no Buritis, e outros três bairros antes de desaguar no Córrego Cercadinho, tributário do Ribeirão Arrudas. O crime ambiental, os riscos à saúde pública e a omissão do poder público motivaram a solicitação da vistoria num dos trechos afetados a fim de avaliar as condições estruturais e sanitárias do local, a necessidade de estudos técnicos e intervenções, e cobrar as medidas da Prefeitura.

O ponto de encontro dos participantes será às 14h do dia 30 de novembro na Rua São Geraldo, 22, no Bairro Buritis, em área identificada como Zona Especial de Interesse Social (Zeis) Buritis. Para acompanhar a fiscalização, foram convidados os secretários Municipais de Maio Ambiente e de Obras e Infraestrutura, o coordenador de Atendimento Regional Oeste da PBH, o superintendente de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), e o diretor-presidente da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Os convidados ou seus representantes, caso julguem necessário, poderão levar questões, projetos, estudos, informações ou quaisquer outros materiais sobre o local para subsidiar a avaliação.

Superintendência de Comunicação Institucional