COLETA SELETIVA

Em visita, SLU alerta comunidade quanto a datas de coleta por caminhões de lixo

Além de acumular lixo em frente às residências, moradores estariam impedindo o acesso dos caminhões às vias

quinta-feira, 27 Junho, 2019 - 15:15
Vereador Wesley Autoescola e representantes da SLU, em visita técnica da Comissão de Saúde e Saneamento à  Rua Pintor José Batista, Conjunto Águas Claras, Região do Barreiro
Foto: Sidney Lopes/ CMBH

A pedido dos moradores, a Comissão de Saúde e Saneamento realizou, nesta quinta-feira (27/6), visita técnica à Rua Pintor José Batista, na altura do número 162, próximo à Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Águas Claras, no Conjunto Águas Claras, Bairro Vila Pinho, Regional Barreiro, a fim de verificar a situação da coleta seletiva no local. De acordo com a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), a ação foi iniciada em meados de 2018, estando programada para três vezes por semana; entretanto, a comunidade estaria se mostrando resistente, impedindo a entrada dos caminhões de lixo nas vias com o estacionamento de veículos e desrespeitando datas e horários de coleta. Ao final da visita, a Comissão afirmou que empenhará esforços para que o serviço retorne, e a SLU alertou as lideranças comunitárias quanto à sua responsabilidade na limpeza do local.

A solicitação dos moradores é para que a coleta de lixo contemple o conjunto habitacional, salientando que hoje ela é feita somente em vias externas.

Educação ambiental

Foto: Sidney Lopes/ CMBHConforme relatou o gerente da Limpeza Urbana da Regional Barreiro, Johny Borges, a coleta de lixo dentro da comunidade foi realizada em oito alamedas e 98 blocos, mas ocorreram dificuldades para implantação definitiva do sistema. Segundo ele, todas as vias estão planejadas para receber o caminhões, sendo quatro para atender a toda a região do Barreiro. O caminhão circula às segundas, quartas e sextas-feiras, por volta das 13h.

Vale ressaltar que as lixeiras deveriam ser retiradas à época da implantação do sistema e cada morador teria que colocar o lixo na porta de sua residência. Mas com a resistência da comunidade, que deixa seus veículos estacionados nas ruas - impedindo a passagem dos caminhões - criou-se o hábito de depositar o lixo fora da data e horário programados, nas lixeiras, que permanecem sempre ocupadas. Na oportunidade, a SLU destacou que, quando a coleta foi implantada, foram realizadas reuniões para sensibilização da comunidade, por meio de campanha educativa porta a porta.

Encaminhamentos

Ao final do encontro, ficou acordado entre a Comissão - representada pelo vereador Wesley Autoescola (PRP), requerente da visita - a comunidade e a SLU que será feita nova tentativa para que a coleta seletiva retorne ao bairro. Todavia, para tanto, a população terá que se comprometer a liberar as ruas para o acesso dos caminhões, e assumir a responsabilidade pela limpeza do local, adotando o hábito de colocar o lixo na porta das residências, em data e horário programado.

Também foi sugerido o agendamento de uma reunião, na próxima semana, para nova mobilização junto à comunidade.

Superintendência de Comunicação Institucional

Visita técnica para verificar a situação da coleta de lixo na Rua Pastor José Batista, em frente a EMEI Aguas Claras.