DIREITOS HUMANOS

Implantação de rotativo digital e ação de “guardadores” será tema de debate

Bella Gonçalves (Psol) e Dr. Bernardo Ramos (Novo), devem assumir presidência e vice-presidência da Comissão 

quarta-feira, 21 Novembro, 2018 - 15:30
Foto: Ernandes/Câmara de BH

Em reunião ordinária realizada na manhã desta quarta-feira (21/11), a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor aprovou a realização de audiência pública para discutir como ficará a situação dos lavadores, guardadores e manobristas de carros que atuam nas ruas da capital, após a implantação do novo estacionamento rotativo digital. De acordo com o sindicato da categoria, a nova medida irá acabar com a prática de comercialização dos tíquetes de papel, provocando a queda da arrecadação dos trabalhadores. Ainda nesta quarta, o vereador Gabriel (PHS) anunciou a indicação de Bella Gonçalves (Psol) e Dr. Bernardo Ramos (Novo) para os cargos de presidente e vice-presidente do colegiado. 

O sistema de estacionamento rotativo digital, que aos poucos vai substituir os antigos talões de papel usados nas vagas de rua de BH, já está em funcionamento. Por um lado, a inovação, que funciona via aplicativos de celular, promete trazer mais segurança e comodidade aos usuários. Por noutro lado, a medida traz preocupação para cerca de dois mil lavadores, guardadores e manobristas de carros cadastrados na PBH, que serão prejudicados com a mudança, já que tinham a oportunidade de comercializar as folhas junto aos motoristas.

Por requerimento da vereadora Bella Gonçalves (Psol), a comissão aprovou a realização de audiência pública para discutir a situação desses trabalhadores, no dia 5 de dezembro, às 10h, no Plenário Helvécio Arantes. Além dos membros do Sindicato dos Lavadores, Guardadores e Manobristas de Carro (Sintralamac), também foram convidados para o debate representantes da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans).

Nova composição

Após a renúncia do mandato municipal da ex-vereadora Áurea Carolina (Psol), no último dia 9, para se preparar para assumir novo cargo parlamentar na Câmara Federal, em 2019, a suplente Bella Gonçalves (Psol) assumiu a vaga deixada por Áurea na Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor.  Indicada pelo vereador Gabriel (PHS), com respaldo unânime do colegiado, Bella Gonçalves ocupará o cargo de presidente da comissão até o final deste ano.

Cientista política formada pela UFMG, Bella Gonçalves assume uma vaga no parlamento com vasta trajetória nas lutas pelo direito à cidade e por uma reforma urbana popular e feminista.

Também nesta quarta, foi recebido pela primeira vez pelos demais membros da comissão, o vereador Dr. Bernardo Ramos (Novo), que assume temporariamente a vaga do ex-presidente da comissão, vereador Mateus Simões (Novo), licenciado para atuar na equipe de transição do governador eleito, Romeu Zema. Natural de Belo Horizonte, nascido em 1979, Bernardo Luiz Fornaciari Ramos é médico, especializado em ortopedia pediátrica e vai ocupar o cargo de vice-presidente da comissão.

Assista ao vídeo da reunião na íntegra.

Superintendência de Comunicação Institucional

39ª Reunião Ordinária Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor