SUS EM BH

Centro de Saúde Jardim dos Comerciários tem estrutura física deficitária

Em visita técnica, comunidade apresentou demanda de contrução de nova unidade para atender os quase 16 mil usuários cadastrados

quinta-feira, 5 Julho, 2018 - 13:45
Foto: Bernardo Dias

Pouco espaço para abrigar os funcionários e para o atendimento da grande demanda da região. Essa foi a situação encontrada no Centro de Saúde Jardim dos Comerciários, localizado na região de Venda Nova, durante visita técnica realizada pela Comissão de Saúde e Saneamento da Câmara de BH nesta quinta-feira (5/7), por iniciativa do vereador Cláudio Duarte (PSL). 

Com uma área de 267m², o Centro de Saúde possui estrutura física deficitária para atender as cerca de 450 pessoas que passam por lá diariamente e para que os seus 75 funcionários possam trabalhar com qualidade. Há lugares, por exemplo, em que não é possível a passagem de mais de uma pessoa ao mesmo tempo, como a escada de acesso ao segundo pavimento. Além disso, a maioria dos consultórios e salas é compartilhada entre os profissionais e há um revezamento de serviços.

No total existem aproximadamente 16 mil usuários cadastrados para utilizarem o Centro de Saúde. Estes contam com o atendimento de cinco equipes de Programa de Saúde da Família (PSF), sendo que uma delas está lotada em uma estrutura anexa, localizada no Sesc Venda Nova. Nesse anexo, também atuam uma equipe do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf), uma de Zoonoses e duas equipes complementares de odontologia.

Segundo o gerente da unidade de saúde, Diógenes Vadinho Câmara, há necessidade de adequação da equipe de agentes de saúde (ACS) com mais três pessoas. De acordo com a diretora Regional de Saúde de Venda Nova, Marina Braz, uma das vagas está em vias de ser ocupada, pois é a substituição de um servidor que se aposentou. Já as outras duas vagas precisam de encaminhamento da Secretaria de Saúde e devem ser ocupadas por concursados recém-nomeados.

Nova unidade

Para Marina Braz, a construção de um novo centro de saúde, mais amplo, em substituição ao atual que se encontra em casa alugada, é prioridade da Diretoria Regional. Ela conta que está em andamento uma proposta de implantação de nova unidade em um lote público desapropriado, próximo de onde se encontra o atual.

Com 2.160m², sendo 700m² considerados área de preservação ambiental, o espaço necessitará de um projeto que contemple dois pavimentos para que todos os profissionais que atuam no Centro de Saúde fiquem concentrados em uma mesma área. Dessa forma, segundo Marina, é importante ter atenção à questão da acessibilidade, estudando possibilidades de plataformas ou elevadores, para que o atendimento a todos, crianças, idosos e pessoas com deficiência, seja adequado.

De acordo com Ricardo Andrade, representante do Conselho Venda Nova, associação comunitária, que também participou da visita, a escolha do novo espaço deve ser conciliada com a questão ambiental e, portanto, deve estar de acordo com a legislação. “A construção de uma nova unidade deve ser viabilizada, sim, mas integrada às demandas da comunidade”, afirma.

Insumos

Segundo Diógenes, apesar da falta de espaço para funcionários e usuários, o Centro de Saúde consegue realizar um trabalho satisfatório de atendimento à comunidade. “A equipe é comprometida. Como há pouco espaço para muita gente, as salas e consultório são compartilhados, e os funcionários se ajudam”, afirma.

Atualmente, a quantidade de materiais de uso diário e remédios é suficiente para o atendimento ao público. No entanto, o gerente conta que o valor financiado pelo Estado para a compra do glicosímetro (pequeno aparelho para medir a glicose) está tendo que ser complementado pela Prefeitura, e que está sendo priorizado o atendimento de usuários de Bolsa Família e gestantes.

Ao final da visita técnica, o vereador Cláudio Duarte (PSL), requerente da atividade, informou que encaminhará relatório das demandas apresentadas à Secretaria Municipal de Saúde e, assim que obtiver retorno, comunicará os responsáveis pelo Centro de Saúde.

Também participaram da visita: André Patrício, representante do Conselho Distrital de Saúde; o engenheiro Farid Salles, que representou a Coordenadoria de Atendimento Regional Venda Nova, e Ana Ferreira Gomes, da Comissão Local de Saúde.

Superintendência de Comunicação Institucional

 

Visita técnica para fiscalizar e avaliar as condições de pessoal, mobiliário e funcionamento geral do Centro de Saúde Jardim dos Comerciários - Comissão de Saúde e Saneamento