AUDIÊNCIA PÚBLICA

Em pauta, cancelamento e repactuação de plano de saúde de servidores municipais

Convênio Unimed/PBH teria sido suspenso em função de inadimplência; funcionários afirmam que não foram avisados da situação

sexta-feira, 14 Julho, 2017 - 12:45
estetoscópio
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O suposto cancelamento do plano de saúde de servidores municipais inadimplentes sem comunicado prévio da prefeitura, que ainda teria repactuado o convênio em condições não vantajosas, será tema de audiência da Comissão de Administração Pública na próxima terça-feira (18/7), às 18h30, no Plenário Helvécio Arantes. Os funcionários argumentam que não foram avisados sobre a situação de inadimplência e que doentes em tratamento foram surpreendidos com a suspensão do plano Unimed/PBH. A reunião foi solicitada pelo vereador Gilson Reis (PCdoB).

Publicação da Gerência de Gestão da Assistência à Saúde do Servidor no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 27 de abril de 2017, contudo, convocou nominalmente 1146 servidores a comparecerem à central de atendimento até o dia 12 de maio, sob pena de cancelamento do plano de saúde em 31 daquele mês.

Foram convidados representantes da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação, Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), Zetrasoft, Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (Sind-REDE/BH) e Associação dos Servidores Municipais de Belo Horizonte (Assemp).

Superintendência de Comunicação Institucional