TRANSPORTE E SISTEMA VIÁRIO

Audiência vai discutir segurança em patinetes e bicicletas compartilhadas

Visitas técnicas verificarão sinalização de trânsito nos Bairros Jardim Leblon e Califórnia e asfaltamento no Nova Gameleira

quinta-feira, 12 Setembro, 2019 - 16:45
Foto: Héldner Costa / CMBH

A segurança de usuários de bicicletas e patinetes compartilhadas será discutida em audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário no dia 26 de setembro. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (12/9) em reunião na qual foram aprovadas visitas técnicas para vistoriar o asfalto da Rua Cinquenta e Cinco, no Bairro Nova Gameleira, e para verificar a sinalização de trânsito na Rua Cônego Trindade, no Bairro Jardim Leblon. Confira aqui o resultado completo da reunião.

Cerca de 100 pessoas já foram internadas no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII após quedas com patinetes elétricas na capital mineira até agosto deste ano. Além disso, um engenheiro faleceu por conta de acidente ocorrido quando usava este modal de transporte no início deste mês. Diversas cidades do Brasil e do mundo já apresentam normas de segurança para o funcionamento do serviço, que envolvem limitadores de velocidade, multas, uso de capacete e campanhas de conscientização. Belo Horizonte, contudo, ainda carece de uma regulamentação. No dia 26 de setembro, às 13h30, será a oportunidade de representantes da BHTrans, da Subsecretaria de Regulação Urbana e de empresas de compartilhamento de patinetes e bicicletas discutirem, no Plenário Helvécio Arantes, da Câmara Municipal, a segurança dos usuários desse modal de transporte. A audiência pública foi requerida pelo vereador Jorge Santos (Republicanos).

Sinalização de trânsito

Para verificar a possibilidade de implantação de sinalização de trânsito em toda a Rua Cônego Trindade, no Bairro Jardim Leblon, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário realizará visita técnica ao local no dia 1º de outubro, às 9h30. Na ocasião, também será vistoriado o redutor de velocidade instalado na altura do número 600 da referida via, uma vez que ele necessita de revitalização. Estão convidados para participar da vistoria representantes da Administração Regional Municipal Venda Nova e da BHTrans. O ponto de encontro da visita técnica requerida pela presidenta da Câmara Municipal, vereadora Nely Aquino (PRTB), será a Rua Cônego Trindade, número 600.

Pavimentação

As condições do asfalto na Rua Cinquenta e Cinco, nº 105, no Bairro Nova Gameleira serão vistoriadas durante visita técnica requerida pelo vereador Irlan Melo (PL). De acordo com o parlamentar, a qualidade do capeamento da via é motivo de constantes reclamações de moradores. Segundo a comunidade local, a pavimentação está destruída, apresentando buracos e desníveis, além de não possuir meio-fio ou calçada, o que impede que as pessoas transitem com segurança. A má qualidade da via prejudica, especialmente, a locomoção de idosos e deficientes, que ficam, inclusive, impossibilitados de saírem de suas casas em dias de chuva, dada a falta de infraestrutura adequada. A visita técnica terá início às 10h, no dia 15 de outubro, e o ponto de encontro será em frente ao número 105 da Rua Cinquenta e Cinco.

Redução de velocidade

A velocidade dos veículos que transitam pela Rua Zilka Monteiro Pena, no Bairro Califórnia, tem preocupado seus moradores, que demandam do Poder Público um regramento que obrigue os motoristas a trafegarem em velocidade mais baixa. Diante da situação, o presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário, Wesley Autoescola (PRP), apresentou requerimento para a realização de visita técnica à referida via, na esquina com a Rua Benjamin José dos Santos. De acordo com o parlamentar, a rua, que costuma ser palco de crianças que brincam e jogam bola, é plana e retilínea em sua maior extensão, o que faz com que os motoristas transitem em velocidade alta, colocando os jovens em risco. A intenção do vereador Wesley Autoescola com a visita técnica, cuja realização foi aprovada pela comissão nesta quinta-feira (12/9), é verificar a possibilidade de implantação de Zona 30 na referida via, de modo a restringir a velocidade a até 30 km/h e garantir, assim, mais segurança às crianças. A visita técnica ocorrerá no dia 27 de setembro, a partir das 9h30, e deverá ser acompanhada por representantes da Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais e Comunicação Social, da BHTrans e da Coordenadoria de Atendimento Regional Noroeste. Durante a vistoria, o esperado é que sejam apresentadas informações a respeito dos critérios para intervenções do tipo Zona 30, bem como um cronograma para a sua implantação no local.

A instalação de Zonas 30 é uma medida contemporânea e vem sendo aplicada em diversos países, como Inglaterra, Holanda, França, Áustria, Espanha, Canadá, México e Alemanha, caracterizando-se por uma série de medidas combinadas que vão muito além da limitação da velocidade a 30 km/h, uma vez que costuma incluir a revisão do desenho e da ocupação das vias do entorno, o acréscimo de calçadas nas esquinas, a criação de sinuosidades no traçado da rua, o uso intercalado de estacionamento nas modalidades 45º, 90º e paralelo, a instalação de rotatórias e travessias elevadas e a ocupação dos espaços com bancos, plantas e até praças. O uso de todos esses artifícios urbanos, que criam uma identidade visual diferenciada para o local, se faz necessário para que os motoristas compreendam que estão transitando em uma área diferenciada, onde as prioridades no uso da via são de crianças e demais pedestres.

Assista ao vídeo da reunião na íntegra.

Superintendência de Comunicação Institucional

29ª Reunião - Ordinária - Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário