VISITA TÉCNICA

Comissão de Saúde vai à Upa Norte nesta quarta-feira (5/12)

Objetivo é verificar as condições de funcionamento da unidade, bem como discutir o andamento das obras da nova sede

segunda-feira, 3 Dezembro, 2018 - 18:15
Fachada da UPA Norte
Foto: Google Street View

Para avaliar a necessidade de melhorias e de ações emergenciais para atender à grande demanda até a conclusão da nova sede, a Comissão de Saúde e Saneamento realiza visita técnica, nesta quarta-feira (5/12), às 10h, à Unidade de Pronto Atendimento (Upa) Norte. Localizada à Rua Oscar Lobo Pereira, 270, Bairro Primeiro de Maio, o equipamento foi vistoriado no último dia 6 de novembro. Desta vez, serão convidados para a visita representantes da Secretaria Municipal de Saúde e da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap). As visitas foram requeridas pelo vereador Catatau (PHS).

Por dia passam pela UPA Norte quase 400 pessoas, o que significa uma média de 10 mil atendimentos por mês. Por estar localizada próxima da Avenida Cristiano Machado, a unidade de saúde recebe pacientes de Santa Luzia, Sabará, Ribeirão das Neves e Vespasiano, além da população de alta vulnerabilidade do entorno.

O prédio, que abriga a UPA Norte desde 1994, possui consultórios pequenos e improvisados, poucos leitos, ambientes mal iluminados e com pouca ventilação e estrutura mal dividida, o que prejudica a permanência e mobilidade da equipe e dos pacientes. 

Para resolver os problemas, o Executivo propôs a construção de uma nova sede na Via 240, no Bairro Aarão Reis. Iniciada em 2009, as obras estavam paralisadas até a última visita, faltando apenas 20% para a sua conclusão. À época, a gerência da unidade não soube dar uma previsão de quando a nova unidade ficará pronta.

Atendimento e insumos

A Upa Norte conta com 398 funcionários, entre médicos, técnicos de enfermagem e outros profissionais terceirizados. As especialidades atendidas são: pediatria, clínica médica, ortopedia, cirurgia e odontologia e todas as equipes estão completas. Em atividade realizada no início de novembro, a comissão constatou que, no tocante aos insumos e materiais, o almoxarifado da UPA estava 95% completo e que não havia falta de medicamento. Requerente de ambas as visitas, Catatau destacou, na primeira vistoria, a limpeza dos espaços e o empenho dos profissionais, apesar da infraestrutura deficitária, comprometendo-se a retornar, posteriormente, ao local.

Para a visita desta quarta-feira foram convidados o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado, e Henrique de Castilho Marques de Souza, da Sudecap, a fim de averiguar o andamento das obras da nova Upa e a possibilidade de melhorias.

Superintendência de Comunicação Institucional