VISITA TÉCNICA

Constantes alagamentos no Bairro Céu Azul ameaçam a saúde dos moradores

Águas da chuva se misturam com o esgoto e invadem as residências, levando também ratos, baratas e animais peçonhentos

sexta-feira, 10 Agosto, 2018 - 10:30
Foto: google maps / street view

O entupimento do sistema de escoamento de água pluvial é uma das principais causas de enchentes em áreas urbanas. No Bairro Céu Azul, a comunidade reclama que a água das chuvas provoca o rompimento da rede, em função do grande aumento do fluxo. Os transbordamentos colocam em risco a vida dos moradores, ameaçando ainda a segurança das casas do entorno. Para verificar o problema, a Comissão de Saúde e Saneamento realiza visita técnica ao local nesta terça-feira (14/8). A atividade terá início às 9h, na Rua Rosângela, nº 251, entre a Avenida Maria Gertrudes e a Rua Maria Helena.

Em Belo Horizonte, a frequente obstrução de bueiros, de bocas de lobo e de esgotos causam grandes prejuízos para a população, todos os anos, na época das grandes chuvas, já que a capital mineira sofre com falta de infraestrutura para suportar a carga pluviométrica. No Bairro Céu Azul, os moradores questionam a falta de ação do poder público na resolução do problema que aflige a comunidade, especialmente na Rua Rosângela. No local, as águas da chuva se misturam com o esgoto e invadem as residências, levando também ratos, baratas e outros animais que podem provocar doenças.

Para verificar o grave problema sanitário, que pode ter consequências ainda maiores se não houver intervenção do poder público, foram convidados para a visita representantes da Secretaria Municipal de Saúde, da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), da Copasa e da Administração Regional Municipal Venda Nova.

Superintendência de Comunicação Institucional

Em atendimento às restrições previstas na legislação eleitoral, os conteúdos noticiosos publicados neste portal e nas redes sociais da Câmara de BH deixarão de mencionar nomes de vereadores que disputarão cargos na próxima eleição. As limitações ocorrerão no período de 7 de julho a 7 de outubro de 2018.