Infraestrutura Urbana

Comissão vai cobrar medidas de revitalização do Parque Fernão Dias

Falta de segurança, vandalismo e desrespeito ao patrimônio público foram problemas constatados em visita técnica

quarta-feira, 23 Maio, 2018 - 16:00
Vereador Edmar Branco, Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, Polícia Militar, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Regional Nordeste e comunidade, em visita técnica ao Parque Fernão Dias
Foto: Ernandes/ Câmara de BH

Abandono, falta de segurança, vandalismo e pichação. Esse foi o cenário encontrado pela Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana, em visita técnica ao Parque Fernão Dias, no bairro de mesmo nome, Região Nordeste da capital, nesta quarta-feira (23/5). Na visita, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica afirmou que vem trabalhando para recuperar o espaço. Por meio da Comisso, o vereador Edmar Branco pretende encaminhar ofício aos órgãos competentes, cobrando a realização de reparos no parque, a instalação de novos equipamentos e uma ronda diária da Guarda Municipal. 

Com a retirada do vigia e da Guarda Municipal, o Parque Fernão Dias tem sido invadido por vândalos, que já arrebentaram cercas e a grade do portão de entrada e da quadra de esportes, roubaram um bebedouro, picharam a portaria e quebraram azulejos e pias dos banheiros, arrancando inclusive torneiras.

“Nossa preocupação é com a manutenção do parque. Lá as pessoas fazem caminhada e praticam esportes, mas começam a abandonar o local, devido ao tráfico de drogas”, relatou uma liderança comunitária. 

Manutenção

Segundo a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, o órgão tem empenhado esforços para minimizar danos causados aos parques da capital, decorrentes do vandalismo. Ele informou que, mesmo buscando, de forma recorrente, a recuperação das áreas depredadas no Parque Fernão Dias, a capacidade de resolução é menor que a demanda emergente, ressaltando que a cidade totaliza 74 parques. Segundo o representante do órgão, as ações a serem executadas necessitam do envolvimento da comunidade e de outras pastas da Prefeitura, como a Secretaria de Assistência Social e a Secretaria de Segurança Pública.

A Fundação de Parques e Zoobotânica discutiu o problema com a Regional, que assegurou que vai escalar uma equipe para recuperar o que foi depredado. Contudo, os representantes da PBH lembraram que, recentemente, vários alambrados foram retirados e recolocados e que os banheiros também já foram recuperados, há menos de um ano. Há menos de vinte dias, contudo, vândalos teria quebraram toda a bancada de mármore do banheiro para retirar uma torneira.

Quanto ao bebedouro, a Fundação já dispõe de novo equipamento, mas precisa instalar, primeiramente, uma grade, para que seja colocado num espaço fechado, evitando, assim, que seja novamente roubado.

Quanto à segurança, a PBH justificou que a ausência do serviço prestado pela Guarda Municipal é uma realidade em todas as unidades da Fundação de Parques, mas que a solicitação que a Guarda circule na área será encaminhada ao Comando da Guarda Municipal, embora a atual prioridade da Guarda seja o patrulhamento de escolas e centros de saúde. 

Propostas da comunidade

Uma das sugestões apresentadas pela comunidade no encontro foi a possibilidade de se firmar uma parceria com empresas para a realização de benfeitorias no parque. Um dos exemplos citados foi o Programa Adote o Verde, da PBH, que incentiva doações de empresários em espaços públicos como parques. 

Outra proposta apontada foi o funcionamento de uma lanchonete em um dos espaços abandonados, o que poderia ser concretizado por meio de chamamento público.

Segurança

Segundo o tenente Resende, da  Polícia Militar, diversas ações já foram realizadas no parque, incluindo a prisão de indivíduos por uso, consumo e tráfico de drogas. O fato foi informado À PM em reunião comunitária no Bairro Fernão Dias. Entretanto, segundo ele, nem sempre a Polícia Militar tem acesso à informação. Dessa forma, ele sugeriu que, em casos suspeitos, frequentadores do parque se comuniquem com a PM pelo número 190, considerando que a PM não consegue permanecer no parque todos os dias, nem tampouco manter no espaço uma viatura somente para este fim.

Encaminhamentos

O vereador Edmar Branco (Avante), que requereu a visita, informou que solicitará, por meio da Comissão de Meio Ambiente, o encaminhamento de ofício à Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, expondo a necessidade de reparos no parque. Também será enviado ofício à Fundação Municipal de Parques e Zoobotânica, para que o bebedouro que a Fundação possui seja, em breve, instalado no local. Será encaminhado, ainda, ofício à Guarda Municipal e à PM, solicitando uma ronda diária no parque. Na visita, foi formada uma comissão de moradores, para que, junto à Fundação, seja organizado um evento para atrair, novamente, a comunidade, para que volte a frequentá-lo, apropriando-se dele.

Também estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Regional Nordeste.

Superintendência de Comunicação Institucional

[flickr-photoset:id=72157697160045965,size=s]