AUDIÊNCIA PÚBLICA

Ruas fechadas na Savassi aos domingos desagradam consumidores e comércio

Espaços não estariam sendo usados para esporte e lazer, mas restrições ao trânsito causariam dificuldade no acesso a bens e serviços

segunda-feira, 12 Março, 2018 - 13:45
Imagem: Breno Pataro / Portal PBH

A interdição do trecho compreendido entre as Avenidas Getúlio Vargas e Cristóvão Colombo, na região da Savassi, aos domingos, será tema de audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor na próxima quarta-feira (14/3), às 10h, no Plenário Helvécio Arantes. Consumidores e comerciantes locais reclamam do pequeno fluxo de pessoas que acessam a região para fins de lazer e esporte. A continuidade do projeto “A Savassi é da gente”, implantando pela Prefeitura por meio de decreto no ano passado, será debatida no que se refere à frequência de público, impactos financeiros e viabilidade.

Inicialmente, a proposta era oferecer lazer e esporte aos belo-horizontinos e estimular as práticas ao ar livre. Todavia, os espaços não vêm sendo ocupados pelas pessoas, e eventos culturais anteriormente previstos não vêm ocorrendo ou apresentam baixa frequência de público.

A população reclama, ainda, que a medida tem causado dificuldades a quem deseja, nos finais de semana, usufruir de bens e serviços ofertados na região, o que se agrava com o impedimento do trânsito de veículos.

Pontos questionados

Segundo o vereador Gabriel (PHS), que requereu a audiência, serão questionadas na reunião o número médio de pessoas que frequentaram o projeto “A Savassi é da gente” nos últimos seis meses; o impacto financeiro do projeto para a cidade de Belo Horizonte; a possiblidade de revogação da interdição das vias, ainda que parcial, já que o projeto foi criado por meio de decreto; e o número de consumidores que deixam de ser atendidos a cada dia de sua realização.

Foram convocados o secretário municipal de Esporte e Lazer, Paulo Roberto de Freitas, a secretária municipal de Política Urbana, Maria Caldas, e o presidente da BHTrans, Célio de Freitas Bouzada.

Superintendência de Comunicação Institucional