Tráfego seguro

Moradores do Santa Branca pedem reforço na sinalização de vias locais

Insuficiência de placas e trânsito intenso causa constantes acidentes na região. Ofício será enviado à BHTrans

terça-feira, 20 Fevereiro, 2018 - 14:15
Foto: Rafa Aguiar / CMBH

Após constantes reclamações da comunidade quanto à falta de sinalização nas ruas do Bairro Santa Branca, Região de Venda Nova, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário realizou visita técnica ao local, na manhã desta terça-feira (20/2). Durante a atividade, requerida pelo vereador Carlos Henrique (PMN), foram constatados problemas como insuficiência de placas e grande fluxo de veículos, o que contribui para a ocorrência de vários acidentes na região. Como forma de diminuir as dificuldades enfrentadas pelos moradores, o parlamentar informou que vai encaminhar, por meio da comissão, um ofício à BHTrans e à PBH, solicitando o reforço na sinalização.

O tráfego intenso e a sinalização precária no cruzamento das Ruas Álvaro Camargos e São Pedro do Havaí são as principais causas de acidentes de trânsito e atropelamentos no Bairro Santa Branca. Moradores contam que, por várias vezes, já foram solicitadas providências aos órgãos competentes, como a instalação de placas e o reforço na sinalização já existente.

Ainda de acordo com a comunidade, a preocupação com a segurança de pedestres e motoristas fez com que os próprios moradores improvisassem placas feitas de papelão, alertando contra o perigo nos cruzamentos. “Após a queda do Viaduto Batalha dos Guararapes, em 2014, o trânsito foi praticamente todo desviado para a região, e, sem reforço na sinalização, os acidentes são constantes”, afirma a moradora Edna Aparecida Gonçalves.

BHTrans

Conforme informou o supervisor de projetos da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), Ricardo Godoi, um projeto já aprovado desde 2014 contempla uma série de mudanças viárias e de revitalização da sinalização da região. No entanto, a execução depende de processo licitatório, e não existe previsão para o início das intervenções.

Coordenador de atendimento da Regional Venda Nova, Humberto Abreu esclareceu que o projeto faz parte de uma ação maior, que busca melhorar a fluidez do tráfego na região. Dentre as melhorias, estão incluídas a instalação de sinalização vertical e horizontal, semáforo para veículos e pedestres, rebaixamento de calçadas e pistas de ciclovia e caminhada.

Encaminhamentos

O vereador Carlos Henrique (PMN) sugeriu que fossem feitas intervenções paliativas, haja vista que a execução do projeto de revitalização e melhoria na sinalização não tem previsão de início. O parlamentar informou que vai encaminhar, por meio da comissão, um ofício à BHTrans e à PBH,  solicitando que sejam instaladas, com celeridade, faixas e semáforos de pedestre no cruzamento das Ruas Álvaro Camargo e São Pedro do Havaí, trecho considerado mais perigoso pelos moradores da região.

Superintendência de Comunicação Institucional