CENTRO DE SAÚDE

Unidade do São Gabriel precisa de readequações na estrutura física

Após verificar os problemas in loco, vereador afirmou que irá solicitar audiência pública no local para buscar soluções junto ao Executivo

quarta-feira, 1 Novembro, 2017 - 18:30
Visita técnica ao Centro de Saúde São Gabriel
Foto: Rafa Aguiar

O Centro de Saúde São Gabriel, localizado na Rua Ilha de Malta, 353, recebeu, nesta quarta-feira (01/11), visita técnica da Comissão de Saúde e Saneamento. Na ocasião, foi constatada a necessidade de novas instalações, seja por meio da reforma e ampliação da atual sede, seja por meio da construção de uma nova unidade. O requerente da audiência, vereador Catatau (PSDC), afirmou que irá solicitar a realização de uma audiência pública no próprio centro de saúde, com a presença do secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, e da Sudecap, com o objetivo de buscar soluções para os problemas verificados.

Entre as inadequações averiguadas na estrutura física está a precariedade do muro que separa o centro de saúde do terreno vizinho. Funcionários da unidade temem que a parede, que está escorada por madeira, ceda. Além disso, parte do forro do teto, que fora instalado no ano passado, já caiu. O centro de saúde também precisa de pintura e de novas portas, uma vez que algumas delas estão em estado precário.

A edificação que, segundo o presidente da Associação de Parceiros do São Gabriel, Geraldo Soares, foi construída há cerca de 40 anos, já foi alvo de duas ampliações neste período. A primeira ocorreu há cerca de 20 anos, com a construção de um anexo, e a última foi há cinco anos. Apesar disso, a estrutura física continuaria inadequada para atender à demanda, que é crescente.

Odontologia

Na sala de odontologia existem três cadeiras para atendimento dos pacientes, no entanto, o dentista Claudio Bastos Câmara, que atua na unidade, conta que, quando todas elas estão em uso, os profissionais não têm espaço para se locomover. Além disso, há mofo no local e o chão precisa de reformas. Ele também explica que falta manutenção preventiva dos equipamentos, uma vez que o responsável técnico só atua na unidade após algum aparelho deixar de funcionar. Claudio também reclamou da demora para que pacientes tenham acesso a tratamento de canal. A falta de tratamento adequado e em tempo hábil, segundo ele, faz com que os usuários tenham que ter seus dentes extraídos.

Ampliação

O centro de saúde conta com nove salas que servem como consultórios para psicólogos, médicos, enfermeiros, assistentes sociais e outros profissionais de saúde, mas, de acordo com os funcionários da unidade, há a necessidade de mais quatro salas para atender à demanda por consultas. Além disso, o local onde os medicamentos são armazenados também não conta com o espaço necessário, o que dificulta o trabalho de quem atua na farmácia do centro de saúde.

Com 16.500 usuários cadastrados, a unidade atende cerca de 400 pessoas por dia em procedimentos como marcação de consultas especializadas, distribuição de medicamentos e realização de atendimentos médicas. A procura pelos serviços de saúde vem aumentando na unidade, não apenas pela ampliação da população na área por ela atendida, como também pela crise econômica, que faz com que mais pessoas tenham que recorrer ao SUS. Funcionários do centro de saúde sugeriram que, caso não seja possível a construção de uma nova sede, a área não construída do centro de saúde sirva à ampliação da unidade, de modo a garantir atendimento adequado à população.

O requerente da audiência e vice-presidente da Comissão de Saúde e Saneamento, vereador Catatau, após verificar as condições físicas do Centro de Saúde São Gabriel, garantiu que há a necessidade de intervenções, seja para reformar e ampliar as atuais instalações físicas, seja com o objetivo de se construir uma nova unidade. O parlamentar assegurou, ainda, que irá solicitar a realização de uma audiência pública no próprio centro de saúde, com a presença do secretário municipal de Saúde e da Sudecap para que o Executivo apresente propostas que solucionem os problemas averiguados durante a visita técnica.

Superintendência de Comunicação Institucional