EMEI Planalto

Unidade de ensino conta com mais de 50 vagas não preenchidas

Vereador aponta falta de divulgação como motivo para o não preenchimento das vagas e sugere aperfeiçoamento na comunicação

sexta-feira, 17 Maio, 2019 - 21:00
Foto: Heldner Costa / CMBH

A visita técnica da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, realizada nesta sexta (17/05), na EMEI Planalto, na região Norte da capital, obteve informações sobre o número de vagas disponíveis na instituição, assunto que não constava da pauta. “Fomos verificar a questão de acessibilidade e tomamos conhecimento que existem 55 vagas, para crianças entre 4 e 5 anos, disponíveis na escola para atender à comunidade”, informou o vereador Gilson Reis (PCdoB).

A visita solicitada por Gilson Reis teve como objetivo vistoriar as condições de atendimento de crianças com deficiência e necessidades especiais que, segundo denúncias, não estavam sendo garantidas por falta de pessoal. As denúncias foram discutidas nas redes sociais e tratavam da rede de escolas municipais de Belo Horizonte como um todo. Segundo a gerente de atendimento da Rede Própria da Prefeitura, Daniela Melo, o que ocorreu foi um remanejamento de professores e monitores na rede de ensino.

A EMEI Planalto atende 440 crianças entre 1 e 5 anos. A maioria dos alunos está na faixa de 4 a 5 anos. São sete crianças com problemas de mobilidade que contam com um elevador próprio para o deslocamento vertical. A diretora de escola, Edneia Gomes Saraiva, informou que, por falta de uma rampa de acesso, existem problemas em relação à segurança das crianças nas escadas , embora o deslocamento sempre seja acompanhado.

Vagas disponíveis

Em relação às vagas disponíveis na EMEI Planalto, o vereador Gilson Reis sugeriu que a escola comunique na região a disponibilidade das vagas existentes, através de anúncios em centros de saúde, igrejas e associações comunitárias. Segundo o parlamentar, é preciso aprofundar esta discussão. “Se só numa Emei tem 55 vagas disponíveis, imagine em toda a rede. Está faltando comunicação”, pontuou o vereador. Ele informou que vai propor a realização de uma campanha de comunicação para que o fluxo de informações sobre vagas disponíveis na rede de ensino da Prefeitura seja periódico.

Também participaram da visita técnica a professora Elena Pereira e Raquel Paranhos, da equipe de inclusão da Regional Norte.

Superintendência de Comunicação Institucional

Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor -  Finalidade: Vistoriar as condições de atendimento das crianças com deficiência e necessidades especiais na EMEI Planalto. Vereador Gilson Reis