EDUCAÇÃO INFANTIL

Comissão elogia EMEI no Betânia, mas observa ausência de toldos de proteção

Outra demanda apresentada na visita técnica foi a necessidade de aquisição de novos brinquedos

segunda-feira, 1 Abril, 2019 - 15:00
Vereador Irlan Melo, gerência da EMEI Cinquentenário e representantes da Secretaria Municipal de Educação, Regional Oeste e Inova BH, em visita técnica à unidade
Foto: Divulgação/CMBH

Inaugurada em 2014 e funcionando por meio de parceria público-privada (PPP), a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Cinquentenário, no Bairro Betânia, Região Oeste da Capital, foi vistoriada pela Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, nesta segunda-feira (1º/4). A comissão avaliou positivamente as condições observadas, constatando, contudo, a ausência de toldos na entrada principal da escola e nos parquinhos, e a necessidade de aquisição de novos brinquedos.

A EMEI Cinquentenário atende turmas que funcionam em horário parcial e somente uma turma em horário integral. São atendidas crianças de 1 a 5 anos, totalizando-se 21 turmas, 396 alunos, de manhã e à tarde, e 72 funcionários, dentre eles, 45 professores.

Demandas apresentadas

De acordo com a diretora da EMEI Cinquentenário, Mônica Gomes de Oliveira, a unidade possui escadas, mas tem acessibilidade, com rampas e elevadores, bem como nos banheiros. Entretanto, ela apontou a necessidade de cobertura para as rampas na entrada principal da escola, a fim de facilitar o acesso de cadeirantes em época de chuvas. Os parquinhos também precisam de toldos, pois no horário de meio-dia, as crianças ficam expostas ao sol.

Soluções apontadas

A gerente de Atendimento da Educação Infantil da Rede Própria da PBH, Daniela Melo, ofereceu algumas alternativas para atender às demandas apontadas. Ressaltando não ser recomendável a instalação de muitos toldos em toda a extensão da rampa de acesso, justificou que a medida tornaria o espaço muito fechado. Ela falou sobre a possibilidade de instalação de uma plataforma e um toldo na entrada principal da EMEI, incluindo o local onde ficam as escadas, e nos fundos da escola. Ofereceu, ainda, como alternativa a possibilidade de utilização de estruturas retráteis para a cobertura desses espaços. A gestora informou que encaminhará as solicitações apresentadas à Secretaria Municipal de Educação, para que sejam realizados estudos técnicos, estruturais e financeiros.

A UMEI Cinquentenário recebe, semanalmente, visitas da Inova BH, empresa que presta serviços de manutenção à unidade. Segundo o gerente de Operações da Inova BH, Fábio Stort Lago, a empresa é responsável pela jardinagem, parte elétrica, hidráulica, manutenção predial, pintura, limpeza, portaria, lavanderia e controle de pragas.

Pontos destacados

Para o vereador Irlan Melo (PR), que requereu a visita, apesar de estar localizada num ambiente com topografia desfavorável, a EMEI possui acessibilidade. Entretanto, constatou-se na visita que alguns locais não possuem cobertura, para proteção dos alunos em relação ao sol ou à chuva.

O parlamentar ressaltou que, por ser uma PPP, é preciso verificar se é possível alterar o contrato firmado, para que seja elaborado um aditivo; ou se a Prefeitura é o órgão responsável pela cobertura na entrada da escola e nos parquinhos. Ele falou, ainda, sobre a necessidade de ampliar o número de brinquedos para as crianças, salientando que as demandas apresentadas serão encaminhadas à Prefeitura e à Secretaria Municipal de Educação .

Também estiveram presentes na visita Cristiano Oliveira Castro, da Gerência de Serviços da Secretaria Municipal de Educação, e Sylvio Malta, coordenador da Regional Oeste.

Superintendência de Comunicação Institucional

Visita técnica para verificar as condições estruturais, de higiene, atendimento, inclusão e segurança dos estudantes - Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo