MONTAIN BIKE

Moradores do Barreiro pedem apoio da PBH para estruturar equipamento esportivo

Pista de mountain bike foi implantada pela comunidade no Parque Alberto Sabeta, mas equipamento necessita de melhorias

terça-feira, 23 Outubro, 2018 - 16:15
Foto: Andréa Teixeira

Ciclistas que praticam montain bike no Parque Ecológico Alberto Sabetta, no Bairro Teixeira Dias, Região do Barreiro, cobraram da prefeitura, nesta terça-feira (23/10), apoio para a finalização da construção de uma pista, feita com recursos da própria comunidade. Em visita técnica da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, eles solicitaram sinalização para a pista e limpeza da área, que encontra-se com mato alto e acúmulo de lixo. As demandas serão formalizadas e encaminhadas à Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura e Secretaria Municipal de Esportes. O objetivo da Comissão é, com a manutenção do parque, apoiar a prática do esporte na região. A visita técnica foi requerida pelo vereador Wesley Autoescola (PRP)

Em meados de 2017, moradores do entorno do Parque Ecológico Alberto Sabetta deram início à construção de uma pista de montain bike, para um melhor aproveitamento do espaço pela comunidade. Após um curto período de paralisação da construção, no final do ano passado, eles reiniciaram as obras no começo deste ano, que já completa quase dois quilômetros. “Agora, abrimos mais espaço para aproveitarmos a mata, que estava abandonada. Entretanto, há pouca gente para ajudar”, relataram os moradores.

Segundo eles, a pista está praticamente pronta, mas pretende-se abrir, ainda, novas trilhas em um trecho na parte alta do terreno. A população quer, também, construir, nesse trecho, uma ponte de madeira e uma estrada de eucalipto, solicitando materiais, como pedaços de madeira e fitas, para a marcação da estrada; e um pequeno circuito para crianças. Outras reinvindicações apresentadas foram a capina do mato; a colocação de placas proibitivas para o lançamento de lixo; e a implantação de sinalização, a fim de oferecer maior segurança aos moradores, devido à existência de declividades perigosas no local.  “As pessoas aprovaram a iniciativa, que pode inibir, também, o uso de drogas nas proximidades do parque”, completou.

Encaminhamentos

De acordo com o diretor de Infraestrutura Esportiva e Lazer da Secretaria Municipal de Esportes, Zanner de Araújo Abreu, o serviço de demarcação pode ser executado pela área de Manutenção da Prefeitura. O serviço de capina, por sua vez, será providenciado por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes.

Parabenizando os ciclistas pela iniciativa, pioneira na região e na cidade de Belo Horizonte, o vereador Wesley Autoescola (PRP), que requereu a visita, pediu à comunidade que especifique e quantifique modelos de placas, para serem incluídos em ofício a ser encaminhado à Prefeitura, à Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura e à Secretaria Municipal de Esportes. “Encaminharemos essas solicitações à PBH, para que sejam oferecidas aos moradores condições para a prática do esporte de forma segura, possibilitando, assim, a realização de competições oficiais no parque”, completou.

Superintendência de Comunicação Institucional