CENTRO DE SAÚDE

Estrutura e atendimento em unidade do Betânia são elogiados por pacientes

Demora na reposição e contratação de profissionais foi o principal problema apontado; Comissão envirá relatório à PBH

segunda-feira, 12 Março, 2018 - 15:00
Foto: Rafa Aguiar / CMBH

A Comissão de Saúde e Saneamento realizou, na manhã desta segunda-feira (12/3), visita técnica ao Centro de Saúde Betânia, na Região Oeste da capital. O trabalho, que é parte da rotina do colegiado, tem como objetivo conhecer de perto a estrutura e a qualidade dos atendimentos prestados aos usuários. Autor do requerimento para a atividade, o vereador Irlan Melo (PR) registrou as demandas de infraestrutura e de recursos humanos e elogiou o serviço realizado pelos profissionais. Relatório com as principais necessidades apuradas será encaminhado à Secretaria Municipal de Saúde e à PBH. 

Com 12 mil usuários cadastrados, O Centro de Saúde Betânia possui duas equipes de Saúde da Família, entre clínico, ginecologista, pediatra, médicos generalistas e psiquiatra. Conforme relatou a gerente da unidade, Maria Nívia de Castro Bravin, a unidade precisa de pelo menos mais uma equipe, devido ao crescimento populacional da região, que gira em torno de dois mil novos usuários.

Prestando atendimento a cerca de 500 pessoas por dia, a unidade também oferece atendimentos programados do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), em áreas como nutrição, terapia ocupacional, fisioterapia, psicologia, educação física, fonoaudiologia e odontologia.

Estrutura

Instalado em espaço amplo, arejado, limpo e bem sinalizado, o C.S. Betânia é considerado como modelo de padrão a ser seguido em toda a região. Representante do Conselho Distrital de Saúde Oeste, Alessandra Cristina conta que a unidade foi toda reformada e ampliada em 2012 e, mesmo depois de seis anos, as instalações se mantêm conservadas. “Aqui, a limpeza é feita por apenas uma funcionária, mas ela conta com o apoio de toda a equipe da unidade para auxiliar na higienização e manter os espaços limpos e bem organizados”, informou Cristina.

Demandas

Para melhorar o atendimento, os funcionários e usuários indicaram a necessidade de contratação de mais uma equipe de saúde da família e de saúde bucal, além da aquisição ou modernização dos aparelhos odontológicos.

A manutenção do elevador, há dias inoperante, também foi apontado como demanda, uma vez que o problema pode compremeter a acessibilidade na unidade.

Encaminhamentos

Conforme avaliou Irlan Melo, o Centro de Saúde Betânia é bem gerido e a equipe técnica competente, porém, alguns problemas pontuais precisam ser sanados, para não comprometer o atendimento aos usuários. “O processo de reposição e contratação de profissionais precisa ser resolvido com mais celeridade, assim como o conserto do elevador, para que os pacientes não fiquem prejudicados”, destacou Melo.

Ao final da vistoria, o parlamentar informou que vai encaminhar um ofício à PBH e à Secretaria Municipal de Saúde, apontando as principais demandas da unidade, para que sejam tomadas as providências necessárias.

Superintendência de Comunicação Institucional