VISITA TÉCNICA

Após criação de novas vagas, Câmara vai acompanhar reformas em escolas infantis

Promovidas pela Comissão de Educação, visitas vão avaliar medidas para a adaptar infraestrutura à chegadas de mais crianças

sexta-feira, 16 Fevereiro, 2018 - 16:45
Fachada da Escola Municipal Professor Pedro Guerra, na Regional Venda Nova
Foto: Google Street View

Acolhendo solicitação de seus próprios integrantes, a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo da Câmara Municipal irá averiguar in loco, nos dias 19/2 e 21/2, as condições de duas escolas municipais de Belo Horizonte. As visitas técnicas são parte da série de verificações programadas pelo colegiado, aprovadas nas primeiras reuniões ordinárias da sessão legislativa de 2018. Na segunda-feira (19), os vereadores serão recebidos na Escola Municipal Professor Pedro Guerra, no Bairro Mantiqueira; na quarta-feira (21), será a vez da E. M. Mário Mourão Filho, no Céu Azul, que passaram a acolher alunos de educação infantil.

De acordo com o requerimento, assinado pelo membro titular da comissão, vereador Gilson Reis (PCdoB), e pela presidente Cida Falabella (Psol), a finalidade da visita de segunda-feira (19/2) à Escola Municipal Professor Pedro Guerra é verificar a infraestrutura física do prédio, bem como as adequações que estão sendo realizadas para abrigar a educação infantil. Com mais de 1.000 alunos do ensino fundamental e equipada, segundo a Prefeitura, a escola abriu 200 novas vagas em 2018 para crianças de 3, 4 e 5 anos. Entre as adaptações previstas, estão a reforma de banheiros, refeitórios e da área de lazer, que terá brinquedos adequados para a faixa etária. A atividade terá início às 10h30, na Rua João Ferreira da Silva, nº 230, no Bairro Mantiqueira.

E. M. Mário Mourão Filho

Com o mesmo objetivo, na quarta-feira seguinte ( 21/2), também a partir das 10h30, serão percorridas as instalações da Escola Municipal Mário Mourão Filho, localizada à Rua Maria Gertrudes Santos, nº 1029, no Bairro Céu Azul, no limite entre as regionais Venda Nova e Pampulha. Com cerca de 600 alunos de ensino fundamental, o estabelecimento também passará a receber alunos de faixa etária mais baixa em decorrência da abertura, pela PBH, de 10.000 novas vagas na educação infantil em toda a cidade. O requerimento é de autoria dos mesmos vereadores e do vice-presidente da Comissão, Arnaldo Godoy (PT).

Superintendência de Comunicação Institucional