REUNIÃO PLENÁRIA

Autorização para PBH ampliar licença-paternidade de servidores é aprovada

Outro projeto aprovado prevê que o Legislativo seja informado com 20 dias de antecedência sobre alteração no valor das passagens de ônibus 

quinta-feira, 9 Agosto, 2018 - 18:45
Foto: Abraão Bruck / CMBH

O Plenário da Câmara de BH aprovou, nesta quinta-feira (9/8), em 2º turno, projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a ampliar de cinco para 20 dias a licença-paternidade dos servidores públicos municipais. Também foi aprovada em 2º turno proposição que obriga o Executivo a informar ao Legislativo, com antecedência mínima de 20 dias, a alteração nas tarifas do transporte público de passageiros. Ao todo, três projetos de lei foram apreciados.

O PL 2030/16, bem como as quatro emendas a ele apresentadas, foram aprovadas e, a partir de agora, a ampliação da licença-paternidade do servidor público municipal passa a depender da sanção do prefeito Alexandre Kalil (PHS). O projeto foi aprovado com 31 votos favoráveis, um contrário e nenhuma abstenção.

A licença paternidade prevista no projeto também é aplicável a quem adotar ou obtiver a guarda judicial para fins de adoção de criança de até 12 anos de idade incompletos, contados a partir da data do trânsito em julgado da guarda judicial ou da adoção definitiva. Além disso, os pais que obtiverem guarda judicial sem fins de adoção de criança de até um ano de idade incompleto, contado a partir da data do deferimento da guarda judicial provisória, também terão direito à licença.

Transparência nas tarifas 

Foi aprovado em 2º turno, por votação simbólica, o PL 88/17 que obriga o Executivo a informar ao Legislativo, com antecedência mínima de 20 dias, a alteração nas tarifas do transporte público de passageiros. De autoria do vereador Pedro Bueno (Pode), o projeto determina ainda, que, com a mesma antecedência, o Poder Executivo apresente à Câmara Municipal as planilhas, bem como os outros elementos que irão servir de base para o reajuste, divulgando amplamente para a população os critérios observados para a alteração no valor da tarifa. Caso seja sancionada pelo prefeito, a proposição passará a vigorar assim que for publicada no Diário Oficial do Município.

Confira aqui o resultado completo da reunião e aqui as proposições em pauta para esta sexta-feira (10/9).

Assista ao vídeo da reunião na íntegra.

Superintendência de Comunicação Institucional

Em atendimento às restrições previstas na legislação eleitoral, os conteúdos noticiosos publicados neste portal e nas redes sociais da Câmara de BH deixarão de mencionar nomes de vereadores que disputarão cargos na próxima eleição. As limitações ocorrerão no período de 7 de julho a 7 de outubro de 2018.

67ª Reunião Ordinária - Plenário