RISCOS NO TRÂNSITO

Comunidade do Santa Inês demanda intervenções viárias em cruzamento

BHTrans levará até três meses para finalizar projeto com proposta para solucionar problema

quarta-feira, 7 Fevereiro, 2018 - 17:45
Foto: Rafa Aguiar / CMBH

Riscos de acidentes decorrentes de baixa visibilidade no encontro das Ruas Gomes Pereira e Timóteo com a Avenida Contagem, no Bairro Santa Inês, causam preocupação em transeuntes e motoristas que circulam na área. A falta de segurança no trânsito local, que fica em frente à estação de Metrô Santa Inês, aumenta ainda mais nos horários de pico, quando o fluxo de veículos cresce. Para verificar in loco a situação e buscar soluções para o problema, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário esteve no local, nesta quarta-feira (7/2), por requerimento da vereadora Nely (PMN). A expectativa é que em até três meses a BHTrans apresente um projeto para solucionar a questão.

O diretor administrativo da União Pró-Melhoramentos do Bairro Santa Inês, Paulo Cezar dos Santos, contou que a execução de intervenções viárias no local é uma reivindicação antiga da comunidade, que demanda mais segurança no trânsito e, para tanto, pleiteia ações do poder público municipal que ampliem a visibilidade dos motoristas que trafegam por lá.

O analista de transporte e trânsito da BHTrans, Humberto Tomicioli, explicou que com a finalização da Via 710, cujas obras, segundo ele, estão em pleno andamento, a expectativa é que o fluxo de veículos no encontro das Ruas Gomes Pereira e Timóteo com a Avenida Contagem diminua. Ainda de acordo com o analista, a queda no número de veículos trafegando pela área poderia cessar a necessidade de obras no local.

A vereadora Nely defendeu que em vez de ações paliativas, o ideal seria a adoção de soluções definitivas e, para tanto, é necessário aguardar o prazo de dois a três meses necessário para que o setor de projetos da BHTrans analise a situação do trânsito no local e proponha a solução tecnicamente mais viável. Entre as possíveis medidas a serem tomadas para ampliar a segurança no trânsito está a implantação de uma rotatória ou a adoção de mão única em vias da região.

Superintendência de Comunicação Institucional