BAIRRO PILAR

Comunidade sofre há anos com alagamentos e cobra solução do poder público

Em visita técnica, moradores relataram agravamento do problema no período de chuvas. PBH vai realizar estudo sobre a região

segunda-feira, 16 Setembro, 2019 - 22:15
Foto: Karoline Barreto/CMBH

As fortes enxurradas e os alagamentos que afetam a Rua Rio das Flores e adjacências, no Bairro Pilar, foram relatados por moradores ao vereador Irlan Melo (PL), que esteve no local nesta segunda-feira (16/9). Promovida pela Comissão de Saúde e Saneamento, a vistoria foi acompanhada por engenheiros da Regional Barreiro e da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), segundo os quais a solução definitiva exige obras de grande porte, precedidas de estudo técnico. Para amenizar os transtornos, foi sugerida a instalação de bocas-de-lobo e pequenas bacias de contenção para melhorar o escoamento, reter parte do fluxo e evitar que a lama invada casas e lojas. O parlamentar anunciou que vai encaminhar ofícios aos órgãos pertinentes, por meio da comissão, solicitando a adoção de medidas emergenciais.

De acordo com moradores, as áreas mais baixas do Bairro Pilar - situado entre as rodovias 356 e 040, na Região do Barreiro - sofrem há anos com as enxurradas e alagamentos que invadem imóveis residenciais e comerciais, impedem o trânsito de veículos e põem em risco a segurança dos transeuntes, especialmente crianças e idosos. De acordo com Rosângela Passos e José Calazans, que residem ali há muitos anos, o problema é antigo; no entanto, o fluxo de água aumentou bastante recentemente e vem misturado com lama, pedras e resíduos de minérios. Moradoras de uma pracinha situada no ponto mais baixo, para onde confluem as enxurradas das vias adjacentes, Viviana Souza e Adriana Barbosa apontaram pequenas intervenções custeadas pelos próprios cidadãos, como muretas de cimento e pisos elevados, que não têm sido suficientes para evitar os transtornos e prejuízos.

Canalização de córrego

Todos os anos, no período de chuvas, o grande aumento de volume provoca o transbordamento do curso d’água, que espalha lixo e esgoto pelas ruas do entorno. Segundo os moradores, há aproximadamente 14 anos a Prefeitura chegou a dar início à intervenção, obtida por meio do Orçamento Participativo, mas a obra foi interrompida e desde então nada mais foi feito no local. Os engenheiros da Regional Barreiro, Danilo Oliveira Heleno, e da Sudecap, Rodrigo Tavares e Ayrton Hugo, avaliaram a situação e esclareceram que as causas do problema são mais complexas e a solução envolve a canalização e ampliação da capacidade de drenagem dos córregos locais, abrangendo toda a bacia à qual pertence o curso d’agua.

Ayrton Hugo afirmou que já foi feita uma vistoria no local pela atual gestão municipal e exibiu ao vereador um documento constando o mapa da região, a localização dos córregos e tubulações e pontos de sobrecarga por deficiências de drenagem. Segundo ele, a Sudecap irá realizar um estudo técnico para determinar as intervenções mais adequadas e eficazes a serem feitas; ele alertou, no entanto, que existem centenas de demandas na cidade e a execução das obras segue uma ordem de prioridade e deve ser incluída no Plano de Trabalho.

Encaminhamentos

A possibilidade será verificada pelo vereador e pelos engenheiros da Regional, no esforço de encontrar formas de reduzir a força das águas e a ocorrência de inundações antes do início das próximas chuvas. Irlan Melo vai solicitar à Sudecap a agilização do estudo técnico e o encaminhamento de seus resultados a seu gabinete e à comissão; a partir desses estudos, o vereador irá cobrar a execução das obras e acompanhar seu andamento. Além disso, ele se comprometeu a encaminhar requerimentos aos órgãos pertinentes, por meio da comissão, solicitando atenção imediata ao problema e o encaminhamento de ações emergenciais, que aumentem a segurança e a qualidade de vida da comunidade local.

Superintendência de Comunicação Institucional

Visita técnica para verificar as condições de drenagem das águas pluviais na Rua das Flores, Bairro Pilar - Comissão de Saúde e Saneamento