UMEI CASTELO

Infraestrutura e atendimento da unidade são elogiados em visita técnica

Parlamentar defendeu, no entanto, a ampliação da área destinada às atividades lúdicas e esportivas para as crianças e as famílias

quarta-feira, 7 Novembro, 2018 - 16:15
Foto: Tais Alves

A Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer eTurismo vistoriou, na manhã desta quarta-feira (7/11), a Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Castelo, localizada na Região da Pampulha. Requerente da atividade, o vereador Irlan Melo (PR) avaliou positivamente as condições estruturais e de atendimento, mas defendeu a ampliação dos espaços disponíveis para a realização de atividades lúdicas e esportivas por parte das crianças e dos familiares, e apontou a necessidade de realizar pequenas intervenções nas instalações. 

Conforme informou a diretora da unidade, Jussara Carvalho, a Umei Castelo atende cerca de 320 crianças de zero a seis anos em regime integral e parcial. Visando aumentar a capacidade de atendimento e garantir mais conforto aos alunos, a diretora conta que a unidade foi expandida, ganhando sete novas salas de aula.

Intervenções

Durante a visita, a comitiva observou a necessidade de pintura nas instalações internas, bem como reparos e/ou substituição de toldos da área externa e telhados.  A ampliação dos espaços disponíveis para a realização de atividades lúdicas e esportivas por parte das crianças e dos familiares também foi apontada como demanda. Já o refeitório precisa ser expandido ou realocado para outro espaço, uma vez que a unidade aumentou o número de crianças atendidas.

Quanto às pequenas manutenções na unidade, a representante da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Daniela Paim, esclareceu que a presença de um artífice é fundamental, uma vez que o profissional zela pela conservação dos equipamentos e realiza os reparos necessários em tempo hábil. “Atuando na manutenção corretiva e preventiva, os artífices exercitam tarefas rotineiras como limpeza de calhas, de caixas d’água, além de vistorias em instalações hidráulicas e elétricas, dentre outras”, defende Paim.

Com relação à segurança, Jussara Carvalho relatou que, somente neste ano, a unidade já foi assaltada três vezes. Para a gestora, o fato de o lote vago anexo à Umei, pertencente à PBH, não ser murado facilita a invasão dos criminosos. “No último arrombamento, foram levados todos os aparelhos eletrônicos, lâmpadas e máquinas fotográficas ainda com os registros das crianças”, desabafou Carvalho.

Autonomia administrativa

A diretora Regional de Educação da Pampulha, Alessandra Luísa Teixeira, considerou, por sua vez, que as observações são pertinentes, e lembrou que as Unidades Municipais de Educação Infantil de Belo Horizonte, antes vinculadas a escolas de ensino fundamental, ganharam total autonomia pedagógica e financeira, além da caixa escolar própria, que vai possibilitar as intervenções pontuais necessárias à melhoria do atendimento aos alunos.

Conforme avaliou o vereador Irlan Melo, com as reformas e melhorias já realizadas, a escola vem atendendo satisfatoriamente os alunos da educação infantil. Contudo, a Comissão encaminhará ofício à Prefeitura de Belo Horizonte, cobrando soluções para demandas apuradas durante a visita técnica.

Superintendência de Comunicação Institucional

 

Visita técnica para vistoriar as condições de higiene e trabalho da UMEI Castelo - Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo